Infraestrutura


 

Centro de Aquisição de Imagens e Microscopia do Instituto de Biociências – CAIMI-IB


CAIMi-IB é uma central de facilidades, para a geração de imagens e microscopia de alta qualidade de diferentes organismos e células, que atende aos pesquisadores do IB e também pesquisadores de outras Unidades da USP. O parque de equipamentos do centro inclui microscópio eletrônico de transmissão e varredura, microscópio confocal e para microdissecção etc.

http://www.ib.usp.br/pesquisa/caimi

 

Biblioteca do Instituto de Biociências


A Biblioteca do Instituto de Biociências da USP é um centro de excelência em informação na área de Ciências Biológicas. Atende toda a comunidade USP e usuários de outras escolas, empresas, laboratórios e institutos congêneres com empréstimo automatizado unificado. A biblioteca funciona no período de segunda a sexta-feira, de 8:30 h às 21:50 h, perfazendo 13,5 h diárias de atendimento. As novas aquisições são disponibilizadas quinzenalmente, e os títulos de periódicos correntes são divulgados na página da biblioteca e publicação impressa. A área útil da biblioteca é de 1.126 m2. O Acervo ocupa 322 m2, incluindo uma sala de obras raras e especiais. A área destinada aos usuários é de 196 m2 e acomoda até 110 usuários em diversos espaços. As demais áreas são destinadas a salas de trabalho e a circulação. O quadro funcional da biblioteca é composto de: quatro técnicos de Nível Superior (bibliotecários); cinco técnicos de Nível Médio, encarregados pelo empréstimo de material bibliográfico e atividades técnicas de apoio; e dois técnicos de Nível Básico, encarregados da manutenção da biblioteca e da limpeza e profilaxia do acervo, por meio de congelamento de livros. Os recursos financeiros para aquisição de material bibliográfico e renovação de periódicos são provenientes da Reitoria, de projetos apresentados à Reitoria e instituições de fomento, como a FAPESP. O usuário do IB tem à sua disposição a descrição automatizada de todo o acervo bibliográfico do IB (livros periódicos, teses e produção bibliográfica do corpo docente), disponibilizada no catálogo geral da USP, ou no catálogo local do IB (Dedalus – http://www.usp.br/sibi). Este recurso possibilita a busca à distância, reduzindo o tempo gasto na procura da referência desejada. O usuário USP dispõe de publicações eletrônicas em texto completo, que podem ser acessadas pelo Portal CAPES, incluindo publicações das principais editoras de ciências biológicas, e ainda, bases de dados com resumos de documentos em todas as áreas do conhecimento. Ao lado desta tecnologia de ponta, o Serviço de Biblioteca oferece treinamento de busca “on line”, dando assistência a todos os usuários interessados. A biblioteca faz também os levantamentos bibliográficos, na impossibilidade do usuário realizá-lo. Outro recurso que a biblioteca disponibiliza é a produção bibliográfica do corpo docente, reunindo a produção de cada professor, facilitando a busca e localização. O Serviço de Biblioteca disponibiliza por meio da “home-page” informações e serviços (http://www.ib.usp/biblioteca), tais como: regulamento do Serviço de Biblioteca, horário de funcionamento, dados numéricos sobre o acervo, telefones e e-mail dos funcionários, diretrizes para aceitação de doações e links para acesso a catálogos e bancos de dados. Informa também a relação completa dos periódicos adquiridos por compra, permuta e doação. Os links para acesso a periódicos em texto completo disponíveis no Portal CAPES e também outros títulos ativados pela biblioteca totalizam 582 licenciados para consulta “on line”. Formulário para sugestão de compras, para pesquisa bibliográfica e informação sobre as novas aquisições são disponibilizados quinzenalmente.

http://www.biblioteca.ib.usp.br/


Herbário SPF


O acervo possui cerca de 210 mil registros, dos quais 23 mil são algas, uma das maiores coleções da América Latina. Constam ainda no acervo cerca de 600 materiais-tipo, 325 fotografias, 420 materiais em meio líquido, 460 registros em carpoteca e 5 mil registros em xiloteca. Como coleções relevantes, há a Flora dos Campos Rupestres (MG, BA, GO, TO), a Flora do Pico das Almas, a Flora da Serra do Cipó, a Flora de Grão Mogol, a Flora de Catolés, a Flora de São Paulo, as coleções de W. Hoehne e de A.B. Joly.

http://www.ib.usp.br/dep-botanica-mais-informacoes/herbario.html

 

Fitotério


O Fitotério, Jardim didático do Departamento de Botânica, possui uma coleção de, pelo menos, 700 espécies diferentes de plantas de diversos locais do mundo que são utilizadas nas aulas práticas e pesquisas. O espaço conta também com seis casas de vegetação, uma estufa climatizada e numerosos canteiros e tanques, além de arboreto e palmeto, em uma área de aproximadamente 2 hectares.
Pode ser visitado nos horários: 8 – 11h e 13 – 16h de segunda a sexta-feira. É proibida a remoção de qualquer planta.

 

 

Laboratórios


As seis linhas de pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Botânica desenvolvem suas atividades em 11 laboratórios equipados com infraestrutura de última geração.

  


Laboratório de Algas Marinhas


O Laboratório de Algas Marinhas, com suas três salas climatizadas e seis estufas incubadoras com controle de luz e temperatura, tem excelente infra-estrutura para triagem e cultivo de algas, extração de carragenanas e desenvolvimento de técnicas em fisiologia, bioquímica e pesquisas em biologia molecular.
http://ib.usp.br/lam/ingindex.html


Laboratório de Anatomia Vegetal


O Laboratório de Anatomia Vegetal possui ampla e moderna infra-estrutura que inclui estufas, micrótomos de vários tipos, estereomicroscópios e microscópios fotônicos de campo claro, contraste de fase e fluorescência, além do instrumental básico para histologia, e histoquímica. Conta também com diversos equipamentos para documentação e análise, incluindo fotomicroscópios, sistema de vídeo e análise de imagens bem como computadores, xiloteca e infra-estrutura dirigida à análise anatômica de madeiras.


Laboratório de Biologia Celular de Plantas (BIOCEL)


O Laboratório de Biologia Celular de Plantas (BIOCEL) conta com infraestrutura para o desenvolvimento de metodologias que incluem proteômica comparativa, metabolismo de reguladores de crescimento (identificação e dosagem de AIA; ABA e poliaminas por HPLC), perfil de aminoácidos (identificação e dosagem por HPLC), metabolismo do óxido nítrico (dosagem por espectrometria e localização por microscopia de fluorescência), metabolismo de compostos secundários (lignanas e neolignanas) e expressão gênica.
http://felix.ib.usp.br/biocel/index.htm


Laboratório de Botânica na Educação


O grupo teve início em 2008 por iniciativa da sua coordenadora Profa. Suzana Ursi e, atualmente, desenvolve duas linhas principais de pesquisa:
1. Percepção e Educação Ambiental em e sobre ecossistemas marinhos e costeiros
Desenvolvemos e avaliamos a aplicação de estratégias didáticas de ensino-aprendizagem, bem como investigamos a formação de professores relacionada a tais temáticas. Um dos principais focos de nossas investigações são o Projeto de extensão Trilha Subaquática (IBUSP) e suas influências nas percepções e concepções de estudantes e professores. Dentre os referenciais teórico-metodológicos que norteiam os trabalhos atualmente, destacamos o Modelo de Valores Ecológicos de Borgner e Wiseman.
2. Formação de professores
Nossas pesquisas são ancoradas pelas ideias de Schuman e colaboradores (Conhecimento Pedagógico do Conteúdo - PCK). A formação em Educação a Distância (EAD), tem sido um foco importante de nossos trabalhos, que abordam avaliação de cursos, desenvolvimento e avaliação de ferramentas didáticas, atividade de tutoria, motivação e aprendizagem de cursistas. As manifestações do PCK em participantes do PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência) também tem sido outro foco de nossas pesquisas.
Paralelamente, o grupo dedica-se a elaboração e avaliação de recursos, estratégias e sequencias didáticas sobre Biologia Vegetal e temas afins, sempre buscando realizar tais avaliações no sentido de contribuir com a construção de conhecimento na área de Ensino de Biologia.
http://botanicaonline.com.br/


Laboratório de Fisiologia Ecológica de Plantas (LAFIECO)


O LAFIECO possui infraestrutura e pessoal para realizar fracionamentos, purificação, análises topológicas (localização in situ com anticorpos) e de composição de polissacarídeos de parede celular vegetal. Possui uma infraestrutura montada especificamente para a preparação de paredes celulares e seu fracionamento. Paralelamente há infraestrutura básica para a extração e análise de proteínas enzimáticas.
http://www.lafieco.com.br/


Laboratório de Fisiologia Vegetal


O laboratório conta com vários cromatógrafos líquidos e um a gás para dosagens de hormônios vegetais e de carboidratos. Adicionalmente, o laboratório recebeu um aparelho de quimiluminescência para detecção de baixíssimas concentrações de óxido nítrico por fluxo contínuo, sendo o único equipamento do gênero no Brasil. Uma outra sala de cultivo de plantas foi instalada no laboratório, onde foram construídas prateleiras independentes com controle de intensidade, qualidade (azul e vermelho) da luz, além do fotoperíodo, umidade e temperatura.


Laboratório de Fitoquímica


O Laboratório de Fitoquímica, além de possuir uma excelente infraestrutura para análises bioquímicas, conta com um cromatógrafo líquido de alta eficiência, um cromatógrafo a gás e um espectrômetro de massas, possui, ainda, um espaço destinado para o desenvolvimento de técnicas de biologia molecular.


Laboratório de Genética Molecular de Plantas


O laboratório possui infraestrutura para o desenvolvimento de técnicas de biologia molecular e bioquímica vegetal incluindo PCR em tempo real, cultivo e transformação genética de plantas, cromatografia de alta performance para análise de compostos nutracêuticos etc.
http://ib.usp.br/botanica/gmp/


Laboratório de Genômica e Elementos de Transposição (GaTE Lab)


O Laboratório de Biologia Molecular de Plantas continua altamente capacitado para realização de sequenciamento de DNA, serviço que oferece tanto para os laboratórios do nosso Departamento, quanto para outras Instituições. O laboratório conta com 5 termocicladores para PCR e um acelerador de partículas para a transformação genética de tecidos vegetais, 2 sequenciadores, termocilclador em tempo real, NanoDrop etc.
http://gate.ib.usp.br/


Laboratório de Sistemática


O Laboratório de Sistemática tem sala com dez estereomicroscópios, quatro deles com câmara-clara acoplada, quatro estufas de secagem, freezers e uma biblioteca com a literatura fundamental para estudos dessa linha.


Lignin Lab


O laboratório LigninLab foi criado em 2014 quando o Professor Igor Cesarino se incorporou ao Departamento de Botânica do IB-USP. A equipe do LigninLab visa compreender as bases moleculares dos diversos aspectos do metabolismo da lignina, incluindo a regulação transcricional da sua produção, biossíntese polimerização.
http://www.ib.usp.br/botanica/ligninlab/